Potencialidades e desafios da tecnologia no mercado imobiliário

Hoje em dia, é difícil pensar em gestão de empresas, sem o uso da tecnologia para obtenção de bons resultados.

A transformação digital veio para ficar e vai muito além da questão de adotar novas ferramentas, ela impacta toda empresa, muda a cultura e o modelo e estrutura organizacional.

Independente do seu porte ou do seu nicho de mercado, todas as empresas estão sentindo as mudanças e precisam entrar na corrida para não ficar atrás dos concorrentes.

No mercado imobiliário não é diferente, seja uma administradora de imóveis pequena do bairro ou uma grande imobiliária digital. Todas se deparam com as potencialidades e desafios impostos pelas tecnologias.

Mas afinal, quer saber o que a tecnologia pode fazer pelo seu negócio? Então confira a matéria que preparamos, onde destacamos os  quatro principais setores de uma imobiliária, que mais vem sentindo os efeitos de todas estas mudanças.

A transformação do marketing tradicional para o digital

A estratégia do setor de marketing nos últimos tempos também passou por mudanças. Antes o foco da imobiliária era o produto, ou seja, o imóvel. Agora a estratégia está no cliente. 

A transformação do setor vem ocorrendo em virtude do comportamento do consumidor. Esta evolução começou nos anos 60, quando o marketing passou a ser visto pelas empresas com uma estratégia na administração dos negócios.

Mas foi com os avanços tecnológicos, que os investimentos em ações do setor ganharam maior relevância.

Para vender ou locar um imóvel bastava um anúncio no jornal, comunicando sua existência e disponibilidade. Não havia personalização e nem preocupação com as preferências dos compradores.

Com a chegada do marketing digital, a forma como as empresas se relacionam com seus clientes mudou radicalmente. Agora, conhecer o perfil dos clientes e suas necessidades tornou-se a preocupação principal dos profissionais da área, que buscam abordar os clientes com uma oferta customizada.

Setor comercial: inteligência de dados na prospecção de clientes

O setor comercial se beneficiou muito com as mudanças provocadas pelas novas tecnologias.

Ficar sentado esperando o telefone tocar ou o cliente vir presencialmente na imobiliária são comportamentos que não condizem mais para os corretores de venda.

As transformações tecnológicas trouxeram mais inteligência, dinamismo e agilidade ao setor comercial.

O uso de ferramentas tecnológicas possibilitou a captação e o armazenamento de dados dos consumidores, seus hábitos e preferências. A partir desse mapeamento de interesses, o atendimento dos leads e a criação de campanhas se tornaram mais focadas.

Entre os principais pontos de mudança no setor podemos listar os seguintes:

·         Geração de leads qualificados: com os perfis das personas bem estruturadas é mais fácil gerar campanhas para atrair um público-alvo mais qualificado e com maior probabilidade de fechamento de novos negócios.

·         Relatórios gerenciais: com o auxílio de um software de gestão completo torna-se mais simples, rápida e confiável a emissão de relatórios de análise da gestão, podendo identificar com mais clareza e precisão informações sobre o atendimento aos clientes, acompanhar o número de conversões realizadas e onde estão as dificuldades encontradas pela equipe comercial. 

·         Interação com os clientes de forma rápida: com o uso de APIs é possível integrar diversas plataformas, o que torna o atendimento ao cliente mais ágil. Por exemplo, o cliente viu o anúncio de um imóvel através do Facebook e encaminhou seus dados para saber mais informações para aquisição. Os dados fornecidos são integrados automaticamente com o sistema de gestão da imobiliária, para que sejam realizados os devidos segmentos.

·         Visitas aos imóveis de forma remota, através de drones, vídeos e tour 360º;

·         Processos de locação 100% digitais, onde o interessado preenche todos os dados cadastrais e encaminha toda a documentação online.

·         Assinatura digital dos contratos, sem necessidade de reconhecimento de firma presencial em cartório.

Fim de processos burocráticos no setor financeiro e contábil

Financeiro e contábil, estes setores que sempre foram marcados pelo acúmulo de processos burocráticos, hoje são um dos mais beneficiados por todas as automações que a tecnologia trouxe.

Uma das maiores novidades de tecnologia no setor financeiro é a implantação do Open Banking. Esta modernização permitiu a emissão e o pagamento de boletos de forma mais ágil, com menos custos e com uma redução de tempo significativa na execução destes processos.

Entre várias transformações no setor podemos destacar:

·         Adoção de régua de cobrança: o auxílio desta ferramenta encaminhar os boletos, lembretes de atraso no pagamento e os comprovantes aos clientes, de forma automatizada.

·         Geração de pastas de prestação de contas digital com apenas alguns cliques;

·         Emissão de seguros imobiliários digitais, autômatos e integrados;

·         Emissão de notas fiscais eletrônicas;

·         Repasses de aluguéis para os proprietários automatizados.

Área de TI passou a ser protagonista da transformação digital

Para que a inserção das novas tecnologias possam ser aproveitadas ao máximo pelas imobiliárias, o setor de TI se tornou um dos responsáveis pelo sucesso de toda esta transformação.

Na medida que a tecnologia avança, fica cada vez mais evidente a necessidade deste setor nas empresas, para dar o suporte para implantação destas soluções inovadoras.

Esta área, que na maioria das empresas era um serviço terceirizado, acionado apenas para dar suporte quando precisa trocar um equipamento, hoje tem entre as suas principais responsabilidades e funções, a implantação de melhorias que potencializam a experiência dos usuários e dos colaboradores.

Entre os principais desafios impostos pela tecnologia para o setor de TI temos:

·         A flexibilidade de rotinas de trabalho remota;

·         A segurança de dados, evitando ataques cibernéticos;

·         Medidas protetivas, de acordo com a LGPD;

·         Automatizações de processos através de novas ferramentas;

·         Apoio tecnológicos para estratégias de novos negócios;

·         Modernização e inovação no armazenamento de dados em nuvem.

Um ponto interessante que vale o destaque nestes desafios impostos pela tecnologia são as oportunidades que elas trazem. Processos sem foco, manuais e presenciais foram sendo substituídos, permitindo que as imobiliárias possam redirecionar a força de trabalho para processos mais inteligentes e que necessitam de interação humana, como o atendimento ao cliente.

E sua imobiliária está acompanhando essas transformações? Então compartilhe conosco quais foram os principais desafios enfrentados.

QUER RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO? INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER