5 dicas de e-mail marketing para imobiliárias

Ninguém discute que a tecnologia vem mudando o comportamento dos consumidores. Se hoje em dia todo mundo dá uma pesquisada no Google antes de fazer uma compra, imagina a dimensão que isso ganha quando se trata de alugar a casa ou o apartamento tão sonhado? É nesse cenário que as dicas de e-mail marketing ganham tanta importância!

Afinal, como a decisão de escolher um novo teto leva um certo tempo, os corretores de imóveis precisam ter dedicação para criar um relacionamento direto com seus potenciais clientes. E, claro, o e-mail marketing é a melhor ferramenta para isso. Além de rápido e confiável, ele é considerado uma das estratégias em marketing digital que demanda menos investimento financeiro.

Ficou curioso? Então, acompanhe o post de hoje e veja as 5 dicas de e-mail marketing para imobiliárias que listamos para você.

1. Monte uma base de e-mails qualificada

Para que suas mensagens sejam, de fato, lidas, você precisa enviá-las para quem tem interesse em alugar um imóvel. Por isso, é um desperdício gastar dinheiro comprando uma base aleatória de e-mails.

A dica é montar sua própria listagem e dedicar um tempo da sua semana para mantê-la atualizada. Lembre-se de acrescentar as pessoas que pediram para entrar no mailing e excluir as que fizeram a solicitação de descadastro.

2. Faça a segmentação dos seus leads

Depois de organizar a sua base de e-mails, é hora de segmentá-la a partir de informações como sexo, idade, estado civil e cidade de moradia. Tenha certeza de que quanto mais você segmentar seus contatos, melhor será a taxa de abertura do seu e-mail marketing. É preciso conhecer seus leads a fundo!

3. Desenvolva conteúdo de qualidade

Justamente por conhecer bem seus potenciais clientes, ficará mais fácil produzir conteúdo de qualidade para despertar a atenção deles. Sem dúvida, a melhor maneira de conquistá-lo é oferecer algo interessante em troca, como um e-book com materiais relevantes para ajudá-lo na decisão de qual imóvel alugar, por exemplo.

Utilize a regra do 80/20, também conhecida como diagrama de Pareto. A ideia é que 80% do conteúdo tenha como foco as necessidades do lead e 20% trate de algum tipo de oferta.

4. Cuide bem do campo “Assunto”

Sabe o que costuma fazer a diferença entre a abertura ou não de um e-mail? A maneira como foi redigida a frase do campo “Assunto”. É isso mesmo! Ela é considerada a vitrine da sua mensagem e, por isso, precisa ser bem trabalhada.

Uma boa dica é incluir o nome do potencial cliente para gerar uma impressão de proximidade. Já existem no mercado ferramentas de disparo que contam com esse tipo de recurso. Também vale a pena fazer uma pergunta, já que você vai fornecer a resposta no corpo do e-mail.

5. Acompanhe os resultados alcançados

Nunca é demais repetir: faça a mensuração das suas campanhas. A principal vantagem que o digital nos traz é o monitoramento do desempenho de cada ação. Você pode aprender muito não só com o que deu certo, mas também com o que não funcionou, sabia?

Dedique-se a escolher os KPIs relevantes para que sua análise seja produtiva. Os indicadores-chave de performance associam uma métrica a um objetivo, assim, eles podem contribuir e muito para a tomada de decisões mais assertivas.

Depois de ler este post, você é capaz de preparar e-mails marketing bem caprichados para impulsionar os negócios de uma imobiliária! Não perca mais tempo e mãos à obra!

Gostou das 5 dicas de e-mail marketing para imobiliárias? Aproveite para seguir as nossas páginas nas redes sociais: estamos no Facebook, no Linkedin e no Instagram!

 

Compartilhar

QUER RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO? INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here