Dicas de como fazer o controle de valores de aluguel

Um dos maiores desafios de investidores e proprietários de imóveis comerciais e residenciais é definir o valor de locação do imóvel. Para chegar a valores justos e que condizem com o que as pessoas podem pagar, é preciso levar em conta alguns aspectos que impactam diretamente no valor e na procura.

Existem muitas formas de controlar a rentabilidade e o valor das locações. Ficou interessado? Confira agora o que levar em conta na hora de definir os valores de aluguel!

Preço do mercado

Uma das formas de calcular o preço do aluguel é fazer uma pesquisa na região. Para que ela seja assertiva, é necessário verificar a média de valores praticados no bairro do imóvel e estar certo de que são propriedades semelhantes.

Ter uma ideia do preço pedido evita que você anuncie um imóvel supervalorizado ou com um valor abaixo do mercado.

Lembre-se, no entanto, de que existem algumas variantes. Uma unidade no alto de um prédio, por exemplo, vale mais do que um apartamento nos primeiros andares. Outro aspecto que influencia é uma reforma recente e que permite que o valor esteja um pouco acima do habitual.

Localização do imóvel

Um imóvel localizado em um bairro com boa infraestrutura e facilidade de vias de acesso costuma valer mais do que uma propriedade em áreas afastadas.

Comércios próximos, bom índice de segurança, meios de transporte público e serviços básicos bem atendidos também influenciam no valor.

Percentual do valor de venda

Uma das formas de se chegar ao valor de aluguel é levando em conta o valor de venda do imóvel. Para isso, é preciso pesquisar qual o percentual indicado e que tem sido praticado no mercado.

Alguns sistemas imobiliários oferecem esse cálculo, facilitando a avaliação e fazendo com que as empresas cheguem a preços justos de locação.

Os sistemas têm como base dados reais do mercado imobiliário, por isso são confiáveis e muito utilizados hoje em dia.

Esse é um índice que varia, por isso, não convém utilizar sempre o mesmo valor sem antes fazer um estudo do mercado local.

 

IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado)

O IGP-M é o principal índice utilizado por proprietários e imobiliárias para chegar ao valor do aluguel de um imóvel. Ele é medido pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) e é composto por outros itens que formam a medida da inflação.

O índice contempla diversas atividades e etapas dos processos de produção que fazem parte do mercado, sendo uma diretriz das atividades econômicas do país, inclusive no mercado imobiliário, tanto para propriedades comerciais quanto residenciais.

O cálculo é feito com a soma dos valores de IGP-M dos 12 meses que antecedem o contrato. Após esse resultado, o IGP-M é calculado por meio de uma média aritmética. Esse é um índice que também varia bastante, já que a FGV o divulga de dez em dez dias.

O IGP-M possibilita que as imobiliárias e proprietários calculem o quanto vão lucrar com os aluguéis, facilitando o controle e evitando que você tenha prejuízos.

O ideal é ter uma planilha com esses números e valores. Para um serviço mais transparente e profissional, não se esqueça de contar com ajuda de empresas com experiência em gestão imobiliária. Algumas oferecem serviços de softwares para gestão e controle financeiro e podem ser primordiais para suas atividades no dia a dia.

Agora que você já sabe como chegar aos valores de aluguel de forma efetiva, que tal compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais?

 

 

 

Compartilhar

QUER RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO? INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here