Cadastro de clientes: como controlar o histórico de um locatário?

O gestor de uma administradora de imóveis possui muitas tarefas e desafios no seu dia a dia. Uma dificuldade constante é a tomada de decisões acertadas, que atendam às necessidades do cliente e da empresa. O cadastro de clientes é uma arma poderosa nesse momento.

Em um mercado cada vez mais competitivo e com uma concorrência cada vez maior, estar mais próximo do cliente é um grande diferencial. A empresa que possui em seu domínio o registro dos dados dos seus consumidores tem a oportunidade de conhecê-los mais a fundo, oferecendo um produto que seja necessário e aumentando muito as chances de venda.

No post de hoje vamos mostrar como controlar o histórico de um locatário e como isso vai fazer a sua imobiliária sair na frente da concorrência. Continue a leitura para saber mais!

Como o cadastro de clientes pode ajudar?

Tomar decisões no escuro ou promover ações de marketing sem um alvo definido pode ser desastroso. Possuir e alimentar constantemente o cadastro dos seus clientes vai trazer uma sequência de ações que alimentarão uma cascata de benefícios para a administradora.

Tomada de decisões acertadas

Para solucionar os problemas cotidianos, o gestor precisa se apoiar em dados concretos e atualizados que possam dar embasamento às suas decisões. Não é possível atrair novos clientes sem conhecer os consumidores atuais da sua imobiliária.

Com quem falar? O que procuram os meus clientes? Qual é o meu melhor produto para eles? Para responder a todas essas perguntas sem exitar, é preciso ter um cadastro bem-feito e atualizado.

Ações voltadas a determinado alvo

Com uma base de dados confiável, é possível determinar qual o perfil principal dos seus clientes. Sabendo que um certo “perfil A” está mais presente, é fácil promover ações para fidelizá-lo ou outras ações para conquistar também um “perfil B”, aumentando o alcance e a sua gama de atuação.

Baseado em dados concretos, você estará mais próximo do cliente e poderá promover ações que gerem os resultados esperados, melhorando as vendas e aumentando a produtividade.

Como controlar o histórico de um locatário?

Esse banco de dados deve conter basicamente os dados de identificação (como nome, CPF ou CNPJ, data de nascimento, estado civil e profissão) e de contato do cliente (telefone, e-mail, endereço atual), mas outros dados também podem ser adicionados.

É interessante conhecer melhor os interesses do cliente, o que pode ser feito com base em mais dados sobre ele. Por exemplo, se possui 3 filhos ou mais, será que vale a pena oferecer a ele imóveis com 2 quartos? É provável que ele precise de um imóvel com pelo menos 3 ou 4 quartos.

Como esse banco de dados pode ser feito?

Imagine ter que buscar todos os dados dos seus clientes, elaborar uma planilha e atualizar esses dados manualmente. Com tanto trabalho atualmente, é praticamente impossível alocar pessoal para tanto serviço. É preciso dispor de uma ferramenta mais ágil, eficaz e segura, vantagens que a tecnologia pode oferecer.

Com um software voltado ao mercado imobiliário, elaborar esse cadastro e mantê-lo atualizado é muito mais simples e intuitivo do que parece. O programa é capaz de cadastrar uma mesma pessoa como proprietária, procuradora, beneficiária, locatária ou fiadora, cruzando todos os dados para você.

Por meio do cadastro de clientes em um software especializado, a sua imobiliária ganha tempo e recurso para cuidar do que realmente importa: a satisfação do cliente. Entre em contato com a Sami para conhecer todos os recursos do SAMI ERP++!

 

 
Compartilhar

QUER RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO? INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here