Automatize a cobrança do IPTU na sua imobiliária!

Final de ano chegando e com ele chegam também os novos carnês de impostos! No mercado imobiliário este período é marcado pela cobrança do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbana).

Nesta época, a equipe financeira, responsável pelo contas a pagar das Administradoras de imóveis, possuem um elevado aumento de trabalho, pois necessitam dar entrada nestes novos provisionamentos.

Sabemos que a rotina do contas a pagar varia de acordo com o tamanho da carteira de imóveis administrados pela sua imobiliária.  Mas, independente da quantidade de pagamentos a serem realizados, reunimos neste post, dicas que vão ajudar a otimizar o dia a dia!

Nos acompanhe nesta leitura!

1 – Organize as contas

Pode parecer bobagem, mas a organização das contas que são responsabilidade da empresa é um passo importante para a organização da rotina do setor financeiro.

Estar ciente de todas as contas e dos seus vencimentos é fundamental para se traçar metas e não perder o controle sobre o fluxo de caixa.

Nesta etapa do processo é preciso reunir todos os novos carnês de IPTU que serão pagos pela Administradora. Caso identifique que está faltando algum carnê, esta é etapa para fazer contato com a prefeitura, para que sejam disponibilizados todos os boletos.

Importante neste momento é entrar em contato com os proprietários e definir sobre os pagamentos. Alguns proprietários preferem eles mesmo pagar o IPTU e depois ser ressarcido do valor, porém outros preferem deixar o pagamento sobre a responsabilidade da imobiliária.

2 – Otimize os pagamentos

Sabe aquela conta, que se pagar adiantado você ganha desconto?

Várias Prefeituras concedem descontos para pagamento do IPTU à vista. Por menores que sejam, estes descontos podem ajudar no pagamento de outros compromissos contratuais assumidos pela Administradora.

Então, organize todas as contas e trace uma boa estratégia de gestão para pagamento delas nas melhores datas limites.

3 – Automatize o processo com sistema de gestão

Adotar uma boa ferramenta de automação é a melhor maneira de organizar e otimizar todas as atividades do setor financeiro.

Com um sistema de gestão robusto, como o SAMI, as entradas dos IPTUs podem ser realizadas de forma automatizada, lhe permitindo ter uma visão mais ampla para as tomadas de decisão neste processo. Além é claro, de ser muito mais prática e segura, evitando possíveis erros humanos.

·         Como funciona esta automatização?

As entradas dos IPTU no sistema podem ser realizadas de forma automatizada, sem a necessidade de cadastrar o valor, vencimento e parcelamento de cada imóvel.

Através de integração com algumas Prefeituras, estas disponibilizam a seus clientes conveniados, um arquivo TXT,  com todos os dados sobre os IPTUs que elas administram para ser processado no sistema.

Através da leitura deste arquivo, o sistema identifica os números de inscrição de IPTU de cada imóvel e dá a entrada automaticamente, no contas a pagar da Administradora.

Atualmente, cidades como Porto Alegre, Pelotas e Erechim disponibilizam este arquivo online. Caso sua cidade ainda não esteja na listagem, faça contato com sua Prefeitura e solicite esta integração.

E aí, gostou das nossas dicas para facilitar a entrada dos IPTUs nas contas a pagar da sua Administradora. Então entre em contato com nossa equipe de suporte e conheça várias outras ferramentas de gestão financeira que o SAMI pode lhe oferecer!

QUER RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO? INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER