O que você, condômino, pode fazer para colaborar no combate ao COVID-19

O novo coronavírus tem mudado a rotina e o comportamento de todas as pessoas. Os especialistas e noticiários dizem para ficar em casa, lavar as mãos e evitar aglomerações. Ouvimos isso todos os dias, a todo instante.

Mas quando se trata de um condomínio, as piscinas, academias e demais áreas comuns, por se tratarem de ambientes conhecidos e fechados, passam a falsa ideia de serem seguros. Além disso, muitas outras situações acabam também confundindo os moradores e gerando riscos a todos.

Para evitar maiores problemas, fizemos um guia de como os moradores de condomínios devem portar-se para colaborar no combate ao vírus.

Acesso ao condomínio

Dependendo de como for o acesso ao seu condomínio, a porta da entrada pode ser um meio de contágio, visto que é tocada por um grande número de pessoas. Ainda mais, se esse acesso inclui uma identificação biométrica.

Sendo assim, sempre procure higienizar muito bem as suas mãos ao passar por estes locais, lembrando também que você não deve tocar o rosto.

Uso de escadas e elevadores

As escadas, local onde as pessoas costumam transitar e apoiar as mãos sobre os corrimãos, são ótimos locais para a proliferação do vírus. Portanto, evite passar por estes lugares quando muitas pessoas estiverem por ali, além disso, quando estiver utilizando uma escada procure não se apoiar sobre o corrimão.

Os elevadores são ainda mais propícios a situações de contaminação. Locais fechados, pequenos, onde geralmente encontram-se um número relevante de pessoas. Além disso, o painel de botões também pode ser uma forma de contágio, visto que todos precisam utilizá-lo ao se deslocar. Dessa forma, evite utilizar o elevador quando houverem muitas pessoas nele, além de procurar higienizar as mãos ao sair dali, e mais uma vez, evitar tocar o rosto antes disso. Quando houver também uma escada, procure optar por ela.

As áreas comuns

“Nada de muita gente junta no mesmo ambiente. É para o síndico fechar academia, piscina, brinquedoteca… Parquinho ao ar livre é a última área a ser fechada, mas deve fechar tudo”, disse Márcio Rachkorsky, especialista em condomínios. Como disse Márcio, os condomínios devem fechar essas áreas de convivência dos moradores, e muitos síndicos já têm feito isso.

Mas se esse não é o seu caso, independente de qual for o lugar que você pretende ir, procure tomar os devidos cuidados.

  1. Procure frequentar esses locais quando pouco movimentados;
  2. Evite colocar as mãos no rosto enquanto está lá;
  3. Além de evitar tocar nos locais e objetos que as pessoas costumam estar encostando;
  4. Não esqueça da higienização quando sair, ela é essencial.

Ainda assim, apesar de todos esses cuidados, a melhor recomendação é não frequentar esses locais, fique em casa!

Em casos de sintomas de gripe

Seja qualquer sintoma que você tenha, mesmo que inicial, avise o síndico para que ele fique alerta quanto a isso. Ainda sem saber do que se trata, evite sair de casa. Caso more sozinho, peça ao síndico que providencie uma maneira de buscar na rua aquilo que você precisa, mas procure não sair.

Isso também vale para dentro do condomínio. Portanto, fique realmente dentro de casa. Evite passar por elevadores, áreas de lazer e demais locais que possa ter contato com outras pessoas. Todo cuidado é necessário neste momento, faça a sua parte!

Encomendas e entregas

Como nesta situação o recomendado é ficar em casa, muitas pessoas acabam optando por serviços de entrega, seja comida ou quaisquer outras coisas que estejam precisando.

Nesses casos é recomendado que os entregadores não entrem no prédio e muito menos circulem por ele. Dessa forma, as entregas devem ser feitas na portaria, descartando a possibilidade de alguém de fora trazer o vírus para dentro do condomínio.

As recomendações gerais

De forma geral, existem algumas recomendações que ouvimos todos os dias nos noticiários e mídias sociais. Elas são de extrema importância, e por isso aparecem para nós a todo instante! Para reforçá-las, confira o que fizemos para ajudá-lo:

Depois de todos estes alertas, esperamos que você leve a sério tudo isso para que logo possamos estar todos juntos novamente. Vamos sair dessa! Faça a sua parte aí no seu condomínio e incentive seus vizinhos a fazerem o mesmo, compartilhando informações verdadeiras e colaborando para o bem-estar de todos. Fique em casa!

Compartilhar

QUER RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO? INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here