Como será a administradora de condomínios do futuro

Não precisamos pensar muito para entendermos que as coisas definitivamente mudaram, acabando quando for esta quarentena e esta pandemia, teremos um futuro diferente e disruptivo em relação ao que vivíamos há 3 ou 4 meses atrás.

E a administração de condomínios, evidentemente, não ficará, nem está, de fora disto.

Por este motivo, além das mudanças que são óbvias,e já aconteceram, teremos mudanças nem tão previsíveis pela frente, mas podemos tentar o exercício da futurologia por aqui.

Antes disto, falaremos um pouco do absolutamente necessário e evidente:

Entrega digital

Não se concebe mais uma administradora de condomínios não entregar para seus condôminos e síndicos, serviços e aplicativos na nuvem, com extratos, boletos, demonstrativos, reservas de áreas (especialmente em função do isolamento), portaria online, e, como não poderia faltar, as assembleias online.

Ao longo dos posts em nosso blog, já falamos sobre estes temas, essenciais para a administração em tempos de “fique seguro, fique em casa”. Apesar disto, muitas administradoras ainda não entregam este essencial ou, se entregam, ainda não o fazem de maneira segura, consistente e natural.

Considerando que estamos todos alinhados na entrega básica, digital, precisamos ir além, pensar no que será esta administração no futuro.

A gestão também precisa ser digital

De nada adianta você entregar aos seus clientes serviços totalmente digitais, online, se a sua gestão interna ainda necessita de muitas pessoas lançando despesas, contas a pagar, baixando boletos, processando envios e retornos de arquivos bancários, e outros tantos serviços repetitivos e manuais.

Banco digital e processos bancários feitos por robôs

Se sua administradora ainda não opera com um  BANCO DIGITAL, ou seja, não registra, processa as baixas e faz os lançamentos nos extratos de forma robotizada, com seu ERP totalmente integrado e interagindo com uma FINTECH, reveja seus conceitos. 

Condomínios com contas próprias, sub-contas diversas, ou até mesmo sua conta pool, podem ser inteiramente processadas por robôs, com créditos caindo nas contas bancárias de cada condomínio, seja em que banco for, sem qualquer custo com split bancário ou TED. Isto elimina grande parte do seu departamento financeiro, além de reduzir quase a zero as chances de erros nestes processos.

Nós da Sami, através da SAMITECH, e da parceria com o ZOOP, entregamos um processamento bancário 100% digital, sem a necessidade de qualquer interação humana.

Contas a pagar e autorização do síndico

Seu contas a pagar, e de seus condomínios, pode ser também 100% digitais, ou seja, despesas lançadas, provisionadas e conferidas podem ser autorizadas pelo síndico através do aplicativo, e pagas por robôs por meio do banco digital.

Você não se preocupa com mais nada, aproveita melhor seu material humano, e reduz novamente a chance de erros nestes processos.

Agora sim, como será a administração no exercício de futurologia

Precisamos enxergar uma administração de condomínios como uma plataforma, algo entre os serviços que sua administradora presta, os interesses do síndico e dos condôminos, resolução de conflitos e ocorrências, interagindo de forma digital.

Na verdade, a ideia é termos em mente a entrega de parte da administração para os próprios moradores condôminos, especialmente para os síndicos. Idas à administradora serão cada vez menores, e em breve, não existirão mais.

Ou você pensa assim, ou já morreu e não sabe.

Talvez a própria existência das administradoras esteja ameaçada, se não souberem ocupar os poucos espaços que vão sobrando e surgindo, desta relação cada vez mais direta entre consumidores e fornecedores, dentro de uma visão mais contextual.

Plataformas 100% digitais  poderão substituir, no futuro, por completo as administradoras. E você precisa encontrar um motivo que faça sentido ao seu cliente, para continuar existindo.

Assim como agências de turismo, que praticamente inexistem em contraste com as plataformas de reservas online, corretores de seguro, de imóveis, administradoras e todo o tipo de intermediários estão realmente, de fato, ameaçados.

Regulamentações estão acabando ou sendo reduzidas, exigências legais cada vez se abrandam mais no que diz respeito a quase tudo que possa ser feito por meio de um aplicativo digital.

Basta vermos a situação dos Bancos, ameaçados neste momento por pequenos, ou nem tão pequenos, bancos digitais e fintechs, que fazem um extraordinário trabalho de automação nos processos financeiros e bancários, através de soluções digitais ou integrações das mais diversas com sistemas de gestão.

Nós, da SAMI, estamos atentos a tudo isto, surfando esta onda do disruptivo, do futuro que já chegou, prontos para ajudar você e seu negócio em como sobrevier nesta verdadeira guerra digital.

Não perca seu foco pensando somente em um vírus, numa pandemia que vai passar. Com certeza passará, apesar das inúmeras e terríveis perdas humanas, um solavanco tremendo nas economias mundiais, mas o digital e o disruptivo vieram definitivamente para ficar, e foram simplesmente antecipados por toda esta situação.

Fale conosco, saiba o que já fizemos e estamos fazendo sobre tudo isto. Estamos trabalhando duro, para você e seu negócio existirem neste cenário do futuro cada vez mais desafiador.

Compartilhar

QUER RECEBER AS ÚLTIMAS NOVIDADES PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO? INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER